spot_img

Relações desprotegidas – saiba o que fazer

De acordo com o urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, o uso da camisinha é indispensável, pois além de evitar a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, é um dos métodos contraceptivos mais eficientes.

No entanto, em algumas situações, imprevistos podem acontecer, como por exemplo: a camisinha mal colocada, camisinha furada durante o contato íntimo e etc. É fundamental ter consciência que, independentemente da situação, é essencial ir em busca de um profissional para saber se houve alguma contaminação.

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes revela que o maior risco é, de fato, a transmissão de DSTs. Por isso, é imprescindível atentar-se a sintomas como coceira, vermelhidão, corrimento e inchaço na região íntima. Entretanto, tenha em mente que é recomendado buscar um médico ainda nos primeiros dias após a relação sexual desprotegida para que seja possível o diagnóstico precoce e o desenvolvimento de problemas.

Em relação a gravidez, o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes revela que a mulher pode vir a tomar a pílula do dia seguinte em até 72 horas após o contato íntimo. Vale ressaltar que esse recurso nunca deve ser usado como método contraceptivo pois seus efeitos colaterais são muitos e sua eficácia diminui conforme sua utilização

O teste de gravidez, salienta Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, deve ser realizado apenas após os primeiros sinais de gravidez, como por exemplo o mais comum: atraso na menstruação.

Atente-se e previna a sua saúde e a de seu parceiro(a) sexual, afinal, os riscos são inúmeros e comprometem o seu bem estar.

Para saber mais e elucidar suas dúvidas, acesse o site e agende uma consulta com o urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes: http://marcofortes.med.br/. Conte com um profissional experiente e qualificado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img
spot_img

Artigos Relacionados