Avaliação positiva do governo Jair Bolsonaro é de 35%, mostra pesquisa CNI-Ibope

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...

Nova fase do Cartão Futuro vai alcançar jovens até 21 anos

O Governo do Estado está preparando uma nova fase do Cartão Futuro, programa destinado a apoiar a contratação de jovens aprendizes e oportunizar o...

Boletim Agropecuário destaca início da colheita do feijão no Paraná

A semana foi marcada pelo começo da colheita do feijão da segunda safra no Paraná. Se o clima colaborar, a produção pode atingir 491,2...

Em setembro, o índice era de 40%. Os números apontam também que confiança no presidente praticamente não mudou, oscilando de 46% para 44%, dentro da margem de erro

A popularidade do presidente Jair Bolsonaro oscilou de 40% para 35%. É o que mostra pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta quarta-feira (16) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os números apontam redução de cinco pontos percentuais em dezembro na quantidade de pessoas que avaliam o governo como ótimo ou bom, em relação à última pesquisa CNI-Ibope, realizada em setembro. A avaliação do presidente, no entanto, é seis pontos maior que a registrada em dezembro de 2019, quando chegou à 29%.

Os números apontam também que confiança no presidente praticamente não mudou, oscilando de 46% para 44%, dentro da margem de erro.

A aprovação da maneira de governar do presidente diminuiu, no limite da margem de erro, de 50% para 46% e a desaprovação subiu, também no limite da margem de erro, de 45% para 49%. A pesquisa CNI-Ibope ouviu 2 mil pessoas entre 5 e 8 de dezembro em 126 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e a confiança, de 95%.

Os números apontam que o percentual de brasileiros que avaliam o governo como ruim ou péssimo cresceu, no limite da margem de erros, de 29% para 33%. A área de segurança pública registra a maior queda no percentual de aprovação entre as nove áreas de atuação avaliadas, com recuo de 7 pontos – na última pesquisa era a única área com saldo positivo, registrando mais aprovação do que desaprovação. A pesquisa aponta queda também nas áreas de taxa de juros, inflação, saúde e combate à fome e à pobreza.

Bolsonaro é mais popular nas cidades pequenas

De acordo com os dados da pesquisa CNI-Ibope, a popularidade do presidente Jair Bolsonaro é maior entre os residentes das cidades pequenas e da Região Sul, enquanto é menor entre os jovens, sobretudo aqueles que têm de 16 a 24 anos de idade e os que moram nas cidades grandes.

Os moradores de cidades pequenas – aquelas com até 50 mil habitantes – mantêm o sentimento com relação ao presidente e seu governo nas pesquisas de setembro e dezembro. Mais da metade da população desses municípios confia em Jair Bolsonaro e aprova sua maneira de governar, com índices de 53% e 55%, respectivamente.

Esses percentuais caem nas grandes cidades – aquelas com mais de 100 mil habitantes –, com índices de 35% de confiança e 36% de aprovação da maneira de governar. Nesses municípios, 62% não confiam no presidente e 58% desaprovam sua maneira de governar.

Sudeste e Nordeste são as regiões em que o governo tem menor popularidade

A pesquisa CNI-Ibope revela que as regiões Sudeste e Nordeste reúnem a maior parcela descontente com o presidente. Para 36%, no Sudeste, e 34%, no Nordeste, o governo está sendo ruim ou péssimo. Em ambas as regiões, 55% não confiam no presidente e 52% dos residentes no Sudeste e 51% dos que moram no Nordeste não aprovam a maneira de governar do presidente Bolsonaro.

Entre setembro e dezembro, todas as regiões geográficas, à exceção do Nordeste, apresentaram queda na popularidade do presidente Jair Bolsonaro. No entanto, o Sul continua sendo a região onde o presidente é mais popular, com 44% dos entrevistados considerando o governo como ótimo ou bom, 52% afirmando confiar no presidente e 55% aprovando sua maneira de governar.

Fonte: Agência de Notícias CNI

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...

Artigos Relacionados

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...