BOLSONARO DÁ UMA RASTEIRA EM MAIA E AJUDA ALIADOS NO CONGRESSO NACIONAL

Fomento Paraná lança nova campanha de renegociação para os empreendedores

Preocupada com a retomada da atividade econômica no Estado, a Fomento Paraná está lançando uma campanha para sensibilizar e estimular os clientes a procurar...

Simepar instalará 50 estações automáticas inteligentes para monitorar a qualidade das águas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) começou a utilizar com mais regularidade a Internet das Coisas (IoT – Internet of...

Paraná soma 1,9 milhão de doses aplicadas e 1,43 milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

O Paraná ultrapassou nesta segunda-feira (19) a marca de 1,9 milhão de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas, chegando a 1.910.821 doses. Até...

Após decisão do STF, Lula busca adversários de Bolsonaro

Com a confirmação das anulações de suas condenações pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-presidente Luiz Inácio Lula O post Após decisão do...

Engorda da praia em Matinhos tem audiência pública no dia 28

Os detalhes do projeto de recuperação da orla de Matinhos serão apresentados em audiência pública no próximo dia 28, a O post Engorda da praia...

Depois de intensa articulação, Rodrigo Maia tinha a certeza de venceria o Presidente Bolsonaro com suas manobras para se reeleger Presidente da Câmara, e depois quando tentou colocar em seu lugar um pau mandato capaz de seguir sua orientação no importante cargo.

Arrastou Davi Alcolumbre nesta empreitada e imaginou que também no Senado estaria com o domínio de uma situação que estenderia o seu tapete político para 2022.

Jair Bolsonaro puxou-lhe o tapete com muita competência, comendo pelas beiradas e mostrando que o governo segue firme em seus propósitos de acabar com a velha política onde determinadas lideranças se imaginam mais capazes que as outras.

E deu no que deu, uma derrota contundente para Maia na Câmara e Alcolumbre no Senado.

Rodrigo Maia foi o que mais sentiu a derrota, pois tinha certeza de que seus aliados não trairiam de última hora, imaginando todo poder para enfrentar a força política do PP e do governo.

Com o dobro de votos que seu adversário, Arthur Lyra obteve uma vitória consagradora, e que confirmou ter sido das mais importantes sua aliança com o governo, fato reconhecido pelo próprio Rodrigo Maia, que se rendeu a uma realidade que a oposição não viu e nunca imaginou que seria concretizada de forma tão contundente.

Com a vitória conquistada no Congresso Nacional, completada com a eleição de Rodrigo Pacheco, firmam-se ainda mais as forças políticas de Bolsonaro, que afasta, pelo menos de imediato, os riscos de um processo de impeachment que a oposição pretendia mover via Câmara e Senado, contra o Presidente da República.

A vitória de Rodrigo Pacheco confirmou também a força, por fora, do ex-presidente Michel Temer, que articulou o resultado favorável ao MDB, mesmo com algumas divisões internas.

Para Rodrigo Maia, o grande derrotado, só restou mesmo chorar.

Depois de quatro anos e alguns meses de mandato como Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia se imaginou um dos mais poderosos homens públicos do país, com capacidade de derrubar o Presidente da República, e caiu do cavalo.

Arrastou o DEM, e outros aliados para um abismo do qual tentarão se reerguer no futuro, de olho nas eleições presidenciais de 2022, mas com Maia a esta altura sem aquela imagem poderosa de política que arrogantemente havia montado durante os últimos tempos.

Fomento Paraná lança nova campanha de renegociação para os empreendedores

Preocupada com a retomada da atividade econômica no Estado, a Fomento Paraná está lançando uma campanha para sensibilizar e estimular os clientes a procurar...

Simepar instalará 50 estações automáticas inteligentes para monitorar a qualidade das águas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) começou a utilizar com mais regularidade a Internet das Coisas (IoT – Internet of...

Paraná soma 1,9 milhão de doses aplicadas e 1,43 milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

O Paraná ultrapassou nesta segunda-feira (19) a marca de 1,9 milhão de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas, chegando a 1.910.821 doses. Até...

Artigos Relacionados

Fomento Paraná lança nova campanha de renegociação para os empreendedores

Preocupada com a retomada da atividade econômica no Estado, a Fomento Paraná está lançando uma campanha para sensibilizar e estimular os clientes a procurar...

Simepar instalará 50 estações automáticas inteligentes para monitorar a qualidade das águas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) começou a utilizar com mais regularidade a Internet das Coisas (IoT – Internet of...

Paraná soma 1,9 milhão de doses aplicadas e 1,43 milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

O Paraná ultrapassou nesta segunda-feira (19) a marca de 1,9 milhão de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas, chegando a 1.910.821 doses. Até...