Combate à pandemia

PARANÁ: Ponta Grossa publica novo decreto contra a pandemia

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou, neste sábado (10), novas medidas de combate à covid-19. O Decreto Municipal nº 18.836 tem validade de...

Investimentos fortalecem pesquisa da Unioeste sobre cultivo da erva-mate

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) sobre o cultivo da erva-mate recebeu recursos de emendas parlamentares para custeio de...

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...

Cidades da RMC pretendem seguir Curitiba e restringir atividades

As cidades da Região Metropolitana de Curitiba pretendem seguir a decisão da capital e adotar restrições mais rigorosas das atividades para conter os casos de covid-19, com protocolo de risco alto de alerta (bandeira vermelha), previstas no Decreto de Curitiba 565/21, publicado nesta sexta-feira (12/3).
A decisão foi anunciada durante reunião on-line do Fórum Metropolitano de Combate à Covid-19, da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), neste sábado (13/3).
A assessora especial do gabinete do Prefeito de Curitiba, Cibele Fernandes Dias, que representou o prefeito Rafael Greca na reunião, e o vice-prefeito Eduardo Pimentel apresentaram aos prefeitos da RMC a explicação das medidas restritivas de lockdown e os pontos que nortearam a decisão de Curitiba para adotar a bandeira vermelha, principalmente a situação de emergência sanitária, com UTIs lotadas e evolução expressiva do contágio.
Apelo para salvar vidasEm mensagem escrita aos seus colegas da RMC, o prefeito Rafael Greca apelou para a gravidade do momento da pandemia na região.
“Diante do agravamento da pandemia de covid-19, que se reflete no exponencial crescimento do número de pessoas contaminadas, doentes e mortas, rogamos a todos os municípios da RMC que adotem as medidas restritivas estabelecidas no Decreto nº 565 da capital”, pediu Greca.
O prefeito frisou que se nada for feito agora a situação pode sair do controle.
“Estamos caminhando a passos largos rumo ao caos e, mais do que nunca, é necessário que todas as cidades da Região Metropolitana adotem medidas conjuntas e alinhadas para o enfrentamento da pandemia”, explicou Greca.
A ordem é frear o contágioGreca citou, em seu ofício, que é fundamental coibir atividades não essenciais que ajudam a propagar a doença em um momento em que o sistema de saúde está próximo da exaustão.
“Neste momento, além de não permitir o funcionamento de locais que geram aglomeração e promovem a disseminação do vírus, é preciso tirar as pessoas de circulação, o máximo possível, para evitar acidentes que também resultam em hospitalizações e atendimentos por traumas, impactando diretamente no sistema de saúde”, pontuou.
União em prol da vidaO prefeito também apelou pela união dos seus pares neste objetivo em busca do bem comum.
“Nossos municípios precisam estar unidos na adoção dessas medidas sanitárias – que agora são inevitáveis, lembrando que Curitiba vem suportando grande parte do atendimento em saúde dos moradores dos municípios lindeiros, mas o esgotamento da capacidade do SUS coloca a sociedade na cruel condição de assistir ao sofrimento e à morte de centenas de pessoas”, alertou Greca.
Apesar de considerar que o remédio é amargo, o prefeito salientou que com a união e a colaboração de todos a situação vai melhorar.
“Se tivermos êxito em frear a atividade, em poucos dias vamos colher os resultados positivos do isolamento social. Será uma demonstração de amor à vida e ao nosso povo”, prevê.
O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, corroborou com o apelo ao avaliar que a situação exige medidas duras.
“Nós estamos vivendo a guerra do contágio e esta guerra é de todos nós”, resumiu.
Prefeitos solidáriosDe acordo com Cibele Fernandes Dias, também foi apresentada uma minuta de um decreto metropolitano para adoção de lockdown, com suspensão de atividades não essenciais e ampliação do isolamento social.
“Os prefeitos se mostraram sensíveis e solidários. Nós fizemos a nossa parte de expor a gravidade da situação”, explicou Cibele.
Na segunda-feira (15/3), uma nova reunião on-line está marcada para definir as cidades que efetivamente vão acompanhar a decisão de Curitiba de restringir as atividades não essenciais para conter o contágio do coronavirus.
Participantes do fórumParticiparam também da reunião a médica Acácia Maria Lourenço Francisco Nasr, coordenadora de Vigilância Epidemiológica, e Vinicius Filipak, diretor-geral da Secretaria de Estado da Saúde; os prefeitos Jesse da Rocha Zoellner (Agudos do sul); Gerson Denilson Colodel (Almirante Tamandaré); Claudio Cesar Casagrande (Campo Magro); Neneu Artigas (Itaperuçu); Everton Vizentin (Campo do Tenente); Vandir de Oliveira Rosa (Adrianópolis); José Altair Moreira (Tijucas do Sul); Marcos Zanetti (Balsa Nova); Patrick Magari (Cerro Azul); Luis Antonio Biscaia (Mandirituba); Maicon Grosskopf (Piên); Mauricio Rivabem (Campo Largo); Margarida Maria Singer (São José dos Pinhais); Karime Fayad (Rio Branco do Sul); Diego Ribas (Lapa); e Helder Luiz Lazarotto (Colombo).
Os municípios de Contenda, Araucária, Pinhais, Piraquara, Doutor Ulysses, Quatro Barras, Fazenda Rio Grande, e Tunas do Paraná foram representados por seus secretários de saúde e autoridades sanitárias. Também participaram Rosana Zappe, Flávia Celene de Quadros, Jane Sescatto e Diego Spinoza dos Santos, da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba.

PARANÁ: Ponta Grossa publica novo decreto contra a pandemia

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou, neste sábado (10), novas medidas de combate à covid-19. O Decreto Municipal nº 18.836 tem validade de...

Investimentos fortalecem pesquisa da Unioeste sobre cultivo da erva-mate

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) sobre o cultivo da erva-mate recebeu recursos de emendas parlamentares para custeio de...

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

Artigos Relacionados

PARANÁ: Ponta Grossa publica novo decreto contra a pandemia

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou, neste sábado (10), novas medidas de combate à covid-19. O Decreto Municipal nº 18.836 tem validade de...

Investimentos fortalecem pesquisa da Unioeste sobre cultivo da erva-mate

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) sobre o cultivo da erva-mate recebeu recursos de emendas parlamentares para custeio de...

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...