Conselheiro Fabio Camargo é eleito presidente do TCE-PR no biênio 2021-2022

PARANÁ: Ponta Grossa publica novo decreto contra a pandemia

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou, neste sábado (10), novas medidas de combate à covid-19. O Decreto Municipal nº 18.836 tem validade de...

Investimentos fortalecem pesquisa da Unioeste sobre cultivo da erva-mate

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) sobre o cultivo da erva-mate recebeu recursos de emendas parlamentares para custeio de...

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...

Numa sessão virtual e com o uso de aplicativo, com senha pessoal e secreta, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) elegeu, nesta quarta-feira (9 de dezembro), sua nova direção para o biênio 2021-2022. O conselheiro Fabio de Souza Camargo foi eleito presidente. O conselheiro Ivan Lelis Bonilha foi escolhido vice-presidente e o conselheiro Fernando Augusto Mello Guimarães, corregedor geral nos próximos dois anos. A posse deverá ocorrer em fevereiro, na primeira sessão de 2021 do Tribunal Pleno.

Na abertura da sessão ordinária nº 40/2020 do Tribunal Pleno, realizada por videoconferência, o presidente, conselheiro  Nestor Baptista, destacou a vanguarda do TCE-PR ao desenvolver um aplicativo específico para a eleição, o que eliminou a necessidade de um encontro presencial e o uso de votos de papel. Necessário devido à pandemia da Covid-19, o processo foi submetido a conferência e homologação da procuradora geral do Ministério Público de Contas (MPC-PR), Valéria Borba.

 A sistemática de eleição virtual assegurou a natureza secreta da votação, prevista no artigo 120 da Lei Orgânica (Lei Complementar Estadual nº 113/2005) e no artigo 13 do Regimento Interno do TCE-PR. A votação também seguiu as regras da Resolução nº 77/2020, que regulamentou a realização de sessões virtuais no Tribunal.

Câmaras

Após à eleição, foi homologada a composição das duas câmaras de julgamento do TCE-PR no próximo biênio. Presidida pelo vice-presidente eleito, conselheiro Ivan Bonilha, a Primeira Câmara será integrada também pelos conselheiros Artagão de Mattos Leão e Durval Amaral e pelos auditores Sérgio Valadares Fonseca e Thiago Cordeiro. A Segunda Câmara será presidida pelo conselheiro Nestor Baptista, decano entre os membros da Corte, e composta pelos conselheiros Fernando Guimarães e Ivens Linhares, e os auditores Cláudio Kania e Tiago Pedroso.

Novo presidente

Após o anúncio do resultado, Camargo agradeceu os demais conselheiros, enalteceu o apoio que recebe da família e fez uma rápida homenagem ao pai (Clayton Camargo, desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná), destacando que deles receberá o apoio necessário para desenvolver seu trabalho.

O novo presidente tem 47 anos e é bacharel em Direito pela Universidade Tuiuti do Paraná.   Foi eleito pela Assembleia Legislativa para o cargo de conselheiro do TCE-PR em 2013. Na Casa, já ocupou o cargo de corregedor geral (gestão 2017-2018). É vice-presidente na atual gestão (2019-2020).

Anteriormente, foi vereador de Curitiba (2001-2006), cargo no qual exerceu as funções de vice-presidente da Câmara Municipal (2001), presidente das CPIs da Telefonia e dos Fundos Mútuos de Combustíveis (2001), prefeito interino de Curitiba (2003) e primeiro-secretário da Câmara Municipal (2003).

Também exerceu mandatos de deputado estadual (2007-2013), cargo no qual ocupou as funções de presidente das comissões especiais de inquérito (CEIs) dos Pedágios e das ONGs (2007) e da CPI das Falências (2011). Também foi quinto-secretário (2011-2012) e quarto-secretário da Assembleia Legislativa (2013).

Fonte: TCE/PR

PARANÁ: Ponta Grossa publica novo decreto contra a pandemia

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou, neste sábado (10), novas medidas de combate à covid-19. O Decreto Municipal nº 18.836 tem validade de...

Investimentos fortalecem pesquisa da Unioeste sobre cultivo da erva-mate

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) sobre o cultivo da erva-mate recebeu recursos de emendas parlamentares para custeio de...

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

Artigos Relacionados

PARANÁ: Ponta Grossa publica novo decreto contra a pandemia

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) anunciou, neste sábado (10), novas medidas de combate à covid-19. O Decreto Municipal nº 18.836 tem validade de...

Investimentos fortalecem pesquisa da Unioeste sobre cultivo da erva-mate

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) sobre o cultivo da erva-mate recebeu recursos de emendas parlamentares para custeio de...

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...