Mac Donald quer morador de Foz como cobaia da covid

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Paraná: mais 374 mortes e 4.777 casos de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (8) 4.777 casos confirmados e 374 mortes – referentes aos meses O post Paraná: mais 374...

Paraná receberá mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná receberá nos próximos dias mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19, segundo o Departamento de Logística do O post Paraná receberá mais...

O ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (Pode) defendeu nesta sexta-feira, 12, a transformação de Foz do Iguaçu em “laboratório” de experimento de medicamentos – sem comprovação de eficácia conforme a OMS e sem a licença da Anvisa- contra a covid. “Queria transformar Foz do Iguaçu num laboratório (de  experimento). Deu certo em Manaus (AM), vai dar certo aqui, deu certo em Santarém (PA)”, disse Mac Donald que diz ter apoio do senador Oriovisto Guimarães (Pode) para a empreitada. Trata-se da proxalutamida, ainda em fase de estudos. 

Manaus é, até o momento, a cidade mais afetada pelo coronavírus no Amazonas. Dos 322.227 casos confirmados no estado até o último dia 5 de março, 149.184 são na capital amazonense (46,30%) e o número de mortes é de quase 8 mil. Do início deste ano até o dia 2 de março foram mais de 4 mil óbitos só na cidade. A nova cepa do coronavírus, altamente mais contagiosa e agressiva, foi identificada pela primeira vez em Manaus, o que colapsou o sistema de saúde local. 

Santarém não fica longe. São 700 mortes causadas pela covid entre 15.877 confirmações da doença. Foi em Manaus e Santarém que o ministro Eduardo Pazuello (Saúde) cobrou o uso de cloroquina para tratamento da doença, que explodiu nas duas cidades, e teve que voltar atrás da indicação.

*Tratamento precoce -* Na entrevista ao programa Contraponto da Rádio Cultura, o empresário também defendeu o uso da cloroquina, ivermectina, hidroxicloroquina – que chamou de kit-covid – e do tratamento precoce. Quando um dos âncoras do programa afirmou que há comprovação científica da eficácia dos remédios para covid, Mac Donald devolveu um “você não está atualizado, hoje de manhã, de madrugada, eu vi tudo isso”.

Do mesmo partido de Mac Donald, o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque foi multado recentemente pelo Tribunal de Contas do Estado por compra irregular em ivermectina. O vermífugo não tem eficácia comprovada contra o coronavírus. Em fevereiro, a fabricante do medicamento informou que os dados disponíveis não apontam eficácia contra a doença.

Segundo o tribunal, a prefeitura dispensou licitação para comprar, em julho de 2020, 352 mil caixas do medicamento. Na época, a Anvisa já alertava para a falta estudos que apontassem eficácia do medicamento no tratamento contra a covid-19. Mesmo assim, o remédio foi distribuído à população da cidade. Com uma população de 156 mil moradores, Paranaguá já registrou 11.719 casos da doença.

*Ô loco, meu! -* Mac Donald defendeu ainda a construção de um hospital de emergência (de campanha) com dinheiro da Itaipu Binacional. O ex-prefeito escamoteou sobre uma campanha para comprar respiradores, o que já fizeram os empresários de Curitiba e as cooperativas de cooperativas do oeste.

O ex-prefeito nada falou e nem alertou os ouvintes sobre medidas de prevenção à doença como higiene das mãos, com água e sabão, o uso de máscara, evitar as aglomerações e manter o distanciamento social. Seu rosário de propostas são similares aos campanha eleitoral e mais parecem resmungos de um candidato derrotado nas urnas. “Ele é um louco”, reagiu um vereador. Mas não queima nota de R$ 50.

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Artigos Relacionados

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...