RATINHO EXONERA MAIS DE 400 SERVIDORES E SUSPENDE REAJUSTE SALARIAL

Fomento Paraná lança nova campanha de renegociação para os empreendedores

Preocupada com a retomada da atividade econômica no Estado, a Fomento Paraná está lançando uma campanha para sensibilizar e estimular os clientes a procurar...

Simepar instalará 50 estações automáticas inteligentes para monitorar a qualidade das águas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) começou a utilizar com mais regularidade a Internet das Coisas (IoT – Internet of...

Paraná soma 1,9 milhão de doses aplicadas e 1,43 milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

O Paraná ultrapassou nesta segunda-feira (19) a marca de 1,9 milhão de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas, chegando a 1.910.821 doses. Até...

Após decisão do STF, Lula busca adversários de Bolsonaro

Com a confirmação das anulações de suas condenações pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-presidente Luiz Inácio Lula O post Após decisão do...

Engorda da praia em Matinhos tem audiência pública no dia 28

Os detalhes do projeto de recuperação da orla de Matinhos serão apresentados em audiência pública no próximo dia 28, a O post Engorda da praia...

Os efeitos da crise econômica causada pela pandemia, que na iniciativa privada levou ao aumento do desemprego e a uma redução no ganho salarial, finalmente chegaram ao serviço público estadual do Paraná, cujo governo acaba de adotar medidas duras e nada simpáticas.Primeiro, Ratinho Junior exonerou 417 ocupantes dos chamados cargos de confiança, a maioria nomeada pelos antecessores Beto Richa e Cida Borghetti.

A “degola” atingiu DER, Detran, Fundepar, IAT, Ipardes, Rádio e Televisão Educativa e as secretarias de Agricultura, Administração, Comunicação, Turismo, Educação, Fazenda, Infraestrutura, Justiça, Família, Planejamento, Segurança e Casa Civil.

Depois, o governador encaminhou despacho à Secretaria da Administração determinando a suspensão do reajuste salarial de 1,5% que estava previsto para este mês de janeiro. De acordo com o documento, “o orçamento previsto para o exercício de 2021 não comporta a totalidade dos gastos com pessoal, o que corresponde a aproximadamente 1,3 bilhão, tampouco despesas com progressões e promoções, que representam cerca de 350 milhões e revisão geral anual dos servidores do Poder Executivo, em torno de 237 milhões”. O funcionalismo, claro, está indignado. (Foto: Rodrigo Félix Leal/AENPR/ Fonte: ALERTA PARANÁ

Fomento Paraná lança nova campanha de renegociação para os empreendedores

Preocupada com a retomada da atividade econômica no Estado, a Fomento Paraná está lançando uma campanha para sensibilizar e estimular os clientes a procurar...

Simepar instalará 50 estações automáticas inteligentes para monitorar a qualidade das águas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) começou a utilizar com mais regularidade a Internet das Coisas (IoT – Internet of...

Paraná soma 1,9 milhão de doses aplicadas e 1,43 milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

O Paraná ultrapassou nesta segunda-feira (19) a marca de 1,9 milhão de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas, chegando a 1.910.821 doses. Até...

Artigos Relacionados

Fomento Paraná lança nova campanha de renegociação para os empreendedores

Preocupada com a retomada da atividade econômica no Estado, a Fomento Paraná está lançando uma campanha para sensibilizar e estimular os clientes a procurar...

Simepar instalará 50 estações automáticas inteligentes para monitorar a qualidade das águas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) começou a utilizar com mais regularidade a Internet das Coisas (IoT – Internet of...

Paraná soma 1,9 milhão de doses aplicadas e 1,43 milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

O Paraná ultrapassou nesta segunda-feira (19) a marca de 1,9 milhão de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas, chegando a 1.910.821 doses. Até...