‘Bolsonaro sentiu a chegada de Lula, foi nocaute’, diz Gleisi

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Paraná: mais 374 mortes e 4.777 casos de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (8) 4.777 casos confirmados e 374 mortes – referentes aos meses O post Paraná: mais 374...

Paraná receberá mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná receberá nos próximos dias mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19, segundo o Departamento de Logística do O post Paraná receberá mais...

Presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann deu uma entrevista no Paraná em que fala da alegria de ter visto Edson Fachin subverter o velho dito do Barão de Itararé — “de onde menos se espera, dali mesmo é que não sai nada” — ao livrar Lula da Lava-Jato na semana passada.

A petista, além de festejar a decisão de Fachin, falou do primeiro discurso de Lula, comemorou o fato de Jair Bolsonaro ter “sentido” a pancada do retorno do petista ao jogo eleitoral e falou dos próximos passos da sigla.

“A partir do momento que Lula virou ator completo no jogo político brasileiro, ele expandiu a força da voz dele. Ele tem um poder agregador. Ele fez uma fala de presidente da República, uma fala de acolhida para agregar e acolher a população… Lula colocou o povo no colo e falou, olha, tem solução”, diz a petista ao blog do Esmael. “Bolsonaro sentiu a chegada do Lula. Ele ficou realmente no canto. Teve um nocaute”, disse a deputada petista.

Questionada se já era hora de o PT se unir ao PSDB e a outros partidos para formar uma frente ampla contra Bolsonaro, a petista desconversou. Disse que o petismo precisa, de fato, organizar as forças de enfrentamento para a disputa presidencial, mas revelou que Lula só autorizou o partido a formar frente ampla no combate ao coronavírus. Aliança eleitoral eles irão discutir no segundo semestre.

“O presidente Lula fez um chamado para uma aliança política de enfrentamento da pandemia… Essa é a frente ampla da política para enfrentamento desse momento”, disse Gleisi. “Frente eleitorais serão discutidas quando chegar o momento. Ninguém está autorizado a discutir aliança eleitoral em nome do PT”, disse a petista.

 

 

Continua após a publicidade

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Artigos Relacionados

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...