Bolsonaro tem rejeição alta e governo reprovado no Rio, seu berço político

O jogador mais odiado do Brasil: as polêmicas eleições de PLACAR

Bem do antes do advento das redes sociais e da popularização do termo hater, o futebol e seus protagonistas já eram alvo de ódio,...

Covaxin confirma quem é o mais perigoso adversário de Bolsonaro

Jair Bolsonaro se elegeu prometendo “acabar com a corrupção”, recebeu uma denúncia e mandou um dos suspeitos anunciar uma investigação — contra o servidor...

GUTO SILVA DIZ: “É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”

Governo do Paraná estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores Adotado pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19, o...

Vacinas da Janssen chegam ao Paraná nesta quinta-feira

O Ministério da Saúde confirmou na noite desta quarta-feira (23) que as vacinas da Janssen, divisão farmacêutica do grupo Johnson&Johnson, também chegarão ao Paraná...

Isenção de ICMS para empresas de tecnologia de Londrina volta à pauta da ALEP

O governador Carlos Massa Ratinho Junior reenviou à Assembleia Legislativa do Paraná o projeto de lei que amplia a concessão de benefícios de ICMS...

O presidente Jair Bolsonaro nasceu em Glicério, no interior de São Paulo, mas fez a sua carreira política no Rio de Janeiro, onde se elegeu vereador em 1988 e deputado federal em 1990, cargo que ocupou até 2018, quando saiu para ser presidente da República.

Foi lá também que ele colocou dois filhos na política: o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) e o senador Flávio Bolsonaro (Patriota) – outro, Eduardo Bolsonaro (PSL), virou deputado por São Paulo.

Mas nem por isso o Rio de Janeiro é hoje um ambiente favorável ao presidente. Levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que 52,7% dos fluminenses desaprovam o seu governo e que 45,9% consideram o seu desempenho ruim ou péssimo (veja quadros abaixo).

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

Além disso, quando perguntado se votaram em Bolsonaro para presidente caso ele seja candidato à reeleição em 2022, quase a metade (47,8%) afirmou que não faria isso de jeito nenhum – 27% disseram que votariam com certeza (veja quadro completo abaixo).

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

Na eleição de 2018, Bolsonaro teve um desempenho melhor no estado onde mora: teve 59,79% dos votos válidos no primeiro turno e 67,95% no segundo na disputa contra Fernando Haddad (PT).

A pesquisa foi feita por meio de entrevistas pessoais telefônicas (sem o uso de robôs) com 1.530 eleitores de 44 municípios do estado do Rio de Janeiro.

O jogador mais odiado do Brasil: as polêmicas eleições de PLACAR

Bem do antes do advento das redes sociais e da popularização do termo hater, o futebol e seus protagonistas já eram alvo de ódio,...

Covaxin confirma quem é o mais perigoso adversário de Bolsonaro

Jair Bolsonaro se elegeu prometendo “acabar com a corrupção”, recebeu uma denúncia e mandou um dos suspeitos anunciar uma investigação — contra o servidor...

GUTO SILVA DIZ: “É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”

Governo do Paraná estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores Adotado pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19, o...

Artigos Relacionados

O jogador mais odiado do Brasil: as polêmicas eleições de PLACAR

Bem do antes do advento das redes sociais e da popularização do termo hater, o futebol e seus protagonistas já eram alvo de ódio,...

Covaxin confirma quem é o mais perigoso adversário de Bolsonaro

Jair Bolsonaro se elegeu prometendo “acabar com a corrupção”, recebeu uma denúncia e mandou um dos suspeitos anunciar uma investigação — contra o servidor...

GUTO SILVA DIZ: “É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”

Governo do Paraná estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores Adotado pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19, o...