Com Dimas Covas, CPI fará autópsia do boicote de Bolsonaro à CoronaVac

O jogador mais odiado do Brasil: as polêmicas eleições de PLACAR

Bem do antes do advento das redes sociais e da popularização do termo hater, o futebol e seus protagonistas já eram alvo de ódio,...

Covaxin confirma quem é o mais perigoso adversário de Bolsonaro

Jair Bolsonaro se elegeu prometendo “acabar com a corrupção”, recebeu uma denúncia e mandou um dos suspeitos anunciar uma investigação — contra o servidor...

GUTO SILVA DIZ: “É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”

Governo do Paraná estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores Adotado pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19, o...

Vacinas da Janssen chegam ao Paraná nesta quinta-feira

O Ministério da Saúde confirmou na noite desta quarta-feira (23) que as vacinas da Janssen, divisão farmacêutica do grupo Johnson&Johnson, também chegarão ao Paraná...

Isenção de ICMS para empresas de tecnologia de Londrina volta à pauta da ALEP

O governador Carlos Massa Ratinho Junior reenviou à Assembleia Legislativa do Paraná o projeto de lei que amplia a concessão de benefícios de ICMS...

O depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, marcado para as 9h desta quinta-feira, deve levar a CPI da Pandemia a dissecar o processo de produção e aquisição da vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o centro de pesquisa de São Paulo.

No campo político, os senadores farão uma autópsia do boicote do presidente Jair Bolsonaro ao que o próprio já chamou de “vacina do Doria”, na incessante peleja com o governador de São Paulo.

A convocação atende ao requerimento do senador Alessandro Vieira, suplente da comissão, que pediu a presença de Covas para esclarecer “todos os detalhes da atuação do Instituto Butantan desde o início da pandemia, especialmente com relação à produção de vacinas”.

Nos últimos dias, o diretor do Butantan já enviou documentação à CPI que narra o processo de negociação do instituto com o Ministério da Saúde, iniciado em meados de 2020.

Covas destacou que em outubro, o então ministro Eduardo Pazuello anunciou a aquisição de 46 milhões de doses da vacina, mas foi desautorizado no dia seguinte por Bolsonaro, que “foi a público negar que tal aquisição seria feita”.

“Após diversas gestões, somente no dia 7 de janeiro de 2021 é que o contrato das 46 milhões de doses foi firmados entre o Ministério da Saúde e o Butantan, por meio de sua Fundação de Apoio, sendo certo que somente conseguimos solicitar o embarque das doses iniciais, a partir da mencionada data”, escreveu Covas em resposta à comissão.

O instituto entregou à CPI 18 ofícios trocados com o Ministério da Saúde, principalmente na gestão Pazuello, que devem ser explorados durante o depoimento desta quinta.

Continua após a publicidade

O jogador mais odiado do Brasil: as polêmicas eleições de PLACAR

Bem do antes do advento das redes sociais e da popularização do termo hater, o futebol e seus protagonistas já eram alvo de ódio,...

Covaxin confirma quem é o mais perigoso adversário de Bolsonaro

Jair Bolsonaro se elegeu prometendo “acabar com a corrupção”, recebeu uma denúncia e mandou um dos suspeitos anunciar uma investigação — contra o servidor...

GUTO SILVA DIZ: “É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”

Governo do Paraná estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores Adotado pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19, o...

Artigos Relacionados

O jogador mais odiado do Brasil: as polêmicas eleições de PLACAR

Bem do antes do advento das redes sociais e da popularização do termo hater, o futebol e seus protagonistas já eram alvo de ódio,...

Covaxin confirma quem é o mais perigoso adversário de Bolsonaro

Jair Bolsonaro se elegeu prometendo “acabar com a corrupção”, recebeu uma denúncia e mandou um dos suspeitos anunciar uma investigação — contra o servidor...

GUTO SILVA DIZ: “É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”

Governo do Paraná estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores Adotado pelo Governo do Paraná durante a pandemia da Covid-19, o...