Covid-19: Brasil registra primeiro caso de infecção em gatos

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...

Nova fase do Cartão Futuro vai alcançar jovens até 21 anos

O Governo do Estado está preparando uma nova fase do Cartão Futuro, programa destinado a apoiar a contratação de jovens aprendizes e oportunizar o...

Boletim Agropecuário destaca início da colheita do feijão no Paraná

A semana foi marcada pelo começo da colheita do feijão da segunda safra no Paraná. Se o clima colaborar, a produção pode atingir 491,2...

A capital do Mato Grosso, Cuiabá, registrou o primeiro caso de Covid-19 em um animal no Brasil. Uma gata com menos de um ano de idade contraiu o novo coronavírus em uma festa de família, em que outras seis pessoas também acabaram infectadas. O diagnóstico inédito do animal foi confirmado após o teste PCR feito pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) dar positivo.

Outro gato e um cachorro, que também estavam no ambiente da reunião familiar, também apresentaram um diagnóstico positivo. Os resultados porém foram considerados inconclusivos, já que a carga viral dos dois animais era muito pequena.

A contaminação da gata abre um debate sobre a possibilidade de humanos infectarem seus animais de estimação. Ainda há poucos estudos no mundo sobre isso, concentrados em sua maioria na Europa e na Ásia – nas Américas, a única literatura sobre o assunto é brasileira, em pesquisa coordenada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). O tema ainda carece de maiores investigações. O que se sabe é que quanto maior a carga viral em humanos, maior a possibilidade de contaminar os animais.

Há também a preocupação sobre se os animais também podem transmitir a doença para outras pessoas saudáveis. Ainda não existem casos conhecidos de que um bicho de estimação tenha contaminado um ser humano.

As orientações dos cientistas são de não sair com os animais de estimação durante a pandemia e evitar aglomerações, mantendo-os há pelo menos dois metros de outras pessoas – o mesmo conselho dado aos humanos. A única diferença é que o dono não deve colocar a máscara no pet. Nos estudos sobre o tema registrados no mundo, os animais não têm apresentados sintomas da doença, como também é o caso da gata contaminada em Cuiabá.

Continua após a publicidade

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...

Artigos Relacionados

MORRE O DEPUTADO RECALCATTI

Faleceu nesta sexta-feira ((09) o deputado Delegado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 70 anos, tomou O post MORRE O DEPUTADO...

NOTA DE FALECIMENTO LUIZ ANTONIO LEPREVOST

Com muita tristeza comunicamos que Luiz Antonio Leprevost, filho do Dr. Ney e dona Stella, marido da dona Jussara, pai O post NOTA DE FALECIMENTO...

Com 633 mil vacinas, Paraná vai intensificar aplicação da segunda dose

O Paraná vai iniciar neste fim de semana, como parte da campanha Vacina Paraná de Domingo a Domingo, um mutirão para aplicar a segunda...