Eleições: há espaço para Doria crescer se vincular o seu nome à vacinação

“Descomplica Rural gerou 20 mil empregos em 2020”, diz presidente do IAT

Ritmo na liberação de licenciamento ambiental está 10 vezes mais ágil no Paraná, sem prejuízos à preservação da natureza, garante Everton Souza, presidente do...

Paraná receberá mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná vai receber do Ministério da Saúde mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19. São 118 mil doses do imunizante Covishield,...

Governador anuncia redução nas taxas de juros do microcrédito da Fomento Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quarta-feira (12) uma redução de 4 pontos percentuais ao ano nas taxas de juros das operações...

No Paraná, abertura de empresas no quadrimestre é 20% maior na comparação com 2020

O saldo de empresas constituídas no Paraná no primeiro quadrimestre deste ano foi 20,05% superior ao mesmo período de 2020. Os números levam em...

Governo destina R$ 450 milhões para bancar valor de entrada da casa própria para 30 mil famílias

O Governo do Estado vai investir R$ 450 milhões extras em habitação nos próximos dois anos para viabilizar a aquisição da casa própria a...

A aposta na vinculação do seu nome à vacinação contra a Covid-19 é o principal caminho para o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), melhorar a sua performance eleitoral para 2022, mostra sondagem feita pelo instituto Paraná Pesquisas para o PSDB, à qual VEJA teve acesso.

Em uma das questões, quando o entrevistado é indagado sobre quem é o maior responsável pela vacinação no Brasil, apenas 26,5% apontam Doria, enquanto 23,1% dizem que é Jair Bolsonaro. O tucano, no entanto, foi o principal articulador da parceria que viabilizou a CoronaVac no Brasil, responsável por 84% das doses aplicadas no país, enquanto o presidente atrasou a compra de imunizantes, colocou em dúvida a sua eficácia e disse repetidas vezes que não iria se vacinar.

Em outra simulação, a pesquisa pergunta em quem o entrevistado votaria para presidente em um eventual segundo turno – Doria fica com 31,9% contra 40,9% de Bolsonaro. Após uma série de três perguntas sobre episódios envolvendo a vacinação no país, a pergunta é refeita é o resultado se inverte: o tucano fica com 41,7% contra 40,1% do presidente (veja quadro abaixo).

<span class="hidden">–</span>./.

O desempenho de Doria já é melhor que o do presidente quanto o entrevistado é estimulado a dar uma nota de zero a dez para a atuação de cada um em relação à vacina: o tucano fica com 6,7 na média geral do país e o presidente, com 3,9.

Continua após a publicidade

“Descomplica Rural gerou 20 mil empregos em 2020”, diz presidente do IAT

Ritmo na liberação de licenciamento ambiental está 10 vezes mais ágil no Paraná, sem prejuízos à preservação da natureza, garante Everton Souza, presidente do...

Paraná receberá mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná vai receber do Ministério da Saúde mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19. São 118 mil doses do imunizante Covishield,...

Governador anuncia redução nas taxas de juros do microcrédito da Fomento Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quarta-feira (12) uma redução de 4 pontos percentuais ao ano nas taxas de juros das operações...

Artigos Relacionados

“Descomplica Rural gerou 20 mil empregos em 2020”, diz presidente do IAT

Ritmo na liberação de licenciamento ambiental está 10 vezes mais ágil no Paraná, sem prejuízos à preservação da natureza, garante Everton Souza, presidente do...

Paraná receberá mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná vai receber do Ministério da Saúde mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19. São 118 mil doses do imunizante Covishield,...

Governador anuncia redução nas taxas de juros do microcrédito da Fomento Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quarta-feira (12) uma redução de 4 pontos percentuais ao ano nas taxas de juros das operações...