Justiça dá razão ao MBL e confirma multa de R$ 5 mil a Guilherme Boulos

Crise hídrica abre disputa pelo valor e o uso de água

A maior crise hídrica em nove décadas está levando empresas e órgãos governamentais a um debate há muito tempo adiado: o valor e o...

Thriller é suspense? – entenda

Marcio Alario Esteves é um grande amante da literatura, por isso, busca constantemente formas de complementar seu conhecimento acerca do assunto. Sendo...

Itaipu avalia apoio ao estudo de viabilidade de nova ponte sobre o Rio Paraná

A Itaipu Binacional recebeu nesta segunda-feira (21), no Centro Executivo, em Foz do Iguaçu, o pedido de apoio ao projeto de uma nova ponte...

Semana começa com 2.830 vagas de emprego ofertadas pelas Agências do Trabalhador

As 216 Agências do Trabalhador no Estado disponibilizam nesta semana 2.830 vagas de empregos com carteira assinada nas empresas do Paraná. Dessas vagas, 1.258...

Pesquisa: 93% diz sentir aumento de preços no mercado, e 78% nas farmácias

A grande maioria da população afirma que está sentindo algum tipo de aumento de preços nos supermercados e nas farmácias, segundo levantamento feito pelo...

O juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas negou nesta quinta-feira, 27, um recurso apresentado por Guilherme Boulos e confirmou a condenação do ex-candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo ao pagamento de uma multa de 5 mil reais. A sentença diz respeito à divulgação do resultado de uma enquete eleitoral fora do período permitido pela legislação.

Boulos havia compartilhado nas redes sociais uma pesquisa do site Radar Urbano em que aparecia como líder das intenções de voto na corrida pela prefeitura. O magistrado afirmou na sentença que a divulgação do resultado caracterizou propaganda eleitoral irregular.

A ação foi movida por dois representantes do Movimento Brasil Livre (MBL): o advogado Rubens Nunes, eleito vereador em São Paulo pelo Patriota, e o deputado estadual Arthur do Val (Patriota-SP), conhecido como Mamãe Falei.

Boulos avançou ao segundo turno da eleição para prefeito, mas acabou derrotado por Bruno Covas (PSDB), morto no último dia 16. Já Arthur do Val terminou o pleito em quinto lugar. Tanto Boulos quanto Arthur deverão concorrer em 2022 ao governo do estado de São Paulo.

 

Continua após a publicidade

Crise hídrica abre disputa pelo valor e o uso de água

A maior crise hídrica em nove décadas está levando empresas e órgãos governamentais a um debate há muito tempo adiado: o valor e o...

Thriller é suspense? – entenda

Marcio Alario Esteves é um grande amante da literatura, por isso, busca constantemente formas de complementar seu conhecimento acerca do assunto. Sendo...

Itaipu avalia apoio ao estudo de viabilidade de nova ponte sobre o Rio Paraná

A Itaipu Binacional recebeu nesta segunda-feira (21), no Centro Executivo, em Foz do Iguaçu, o pedido de apoio ao projeto de uma nova ponte...

Artigos Relacionados

Crise hídrica abre disputa pelo valor e o uso de água

A maior crise hídrica em nove décadas está levando empresas e órgãos governamentais a um debate há muito tempo adiado: o valor e o...

Thriller é suspense? – entenda

Marcio Alario Esteves é um grande amante da literatura, por isso, busca constantemente formas de complementar seu conhecimento acerca do assunto. Sendo...

Itaipu avalia apoio ao estudo de viabilidade de nova ponte sobre o Rio Paraná

A Itaipu Binacional recebeu nesta segunda-feira (21), no Centro Executivo, em Foz do Iguaçu, o pedido de apoio ao projeto de uma nova ponte...