Nova Região Turística Sul do Paraná reúne nove municípios e muitos atrativos

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Paraná: mais 374 mortes e 4.777 casos de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (8) 4.777 casos confirmados e 374 mortes – referentes aos meses O post Paraná: mais 374...

Paraná receberá mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná receberá nos próximos dias mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19, segundo o Departamento de Logística do O post Paraná receberá mais...
© Prefeitura de União da Vitória

O Paraná ganhou uma nova Região Turística, a 15ª do Estado. A RT Sul do Paraná abrange os municípios de Antônio Olinto, São Mateus do Sul, Paulo Frontin, Paula Freitas, União da Vitória, Porto Vitória, General Carneiro, Bituruna e Cruz Machado. A Instância de Governança Regional (IGR), responsável para fazer a gestão, é a Associação de Turismo e Meio Ambiente do Vale do Iguaçu (Atema).

A nova RT foi apresentada durante a 84ª Reunião Ordinária do Conselho Paranaense de Turismo (Cepatur), que aconteceu na última quinta-feira (11). O secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, participou deste encontro, que validou a criação da RT Sul do Paraná, e destacou o seu impacto para os municípios. “Essa nova região será muito importante para que o desenvolvimento, principalmente desses nove municípios, seja focado em atividades voltadas para o turismo, que será, sem sombra de dúvidas, uma das atividades econômicas mais importantes nesse processo de retomada da nossa economia”, afirmou.

A RT Sul do Paraná já nasce com inúmeras vocações, como o turismo religioso, por contar com diversos santuários e monumentos espalhados pelos municípios; turismo de inverno, por ser a mais fria do Estado, inclusive com temperaturas negativas recordes; e turismo de natureza, já que é nessa região que Rio Iguaçu apresenta um dos trechos mais apropriados para a prática de esportes aquáticos, além da presença de muitas cachoeiras e de circuitos de cicloturismo.

A região também possui alguns roteiros turísticos já formatados, como a Rota Sul das Cachoeiras, City Tour, Roteiro Ucraniano e Passeio de barco Interpontes, em União da Vitória, e a Rota do Vinho, em Bituruna.

A região ainda tem uma certificação de Indicação de Procedência, com a erva-mate de São Mateus do Sul. Isso significa que o “modo de fazer” com relação à erva-mate é único e indissociável da região, o que acaba sendo a marca do produto daquele território, a exemplo do que aconteceu recentemente com as balas de banana de Antonina. Atualmente, a região é a maior produtora de erva-mate do Paraná, responsável por 62% da produção estadual.

O município de Bituruna também está em busca, junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), da Indicação Geográfica do vinho, com as variedades de uva Bordô e Casca Dura.

MOBILIZAÇÃO – As mobilizações para a criação da nova região turística surgiram entre junho e julho de 2020, quando houve uma articulação entre os munícipios do Território Iguaçu, que fazem parte da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar), Sebrae e Paraná Turismo.

A partir de então passou a ser feito um trabalho de engajamento, plano de ação e diversas reuniões de sensibilização dos municípios e workshops para a definição de questões como o nome da região e a IGR que seria responsável pela gestão.

Agora a nova RT está apta, sob a chancela do Cepatur, a integrar o Mapa Brasileiro do Turismo em sua próxima atualização e a fazer companhia às outras 14 regiões já existentes no Paraná. Integram estas regiões 217 municípios que estão categorizados sob alguns critérios, como a demanda de turistas, nas categorias A, B, C, D e E.

A diretora técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta, lembra que a atualização do Mapa do Turismo ocorre neste ano de 2021. “Estamos no momento de aguardar a autorização do Ministério do Turismo para a abertura do processo de atualização do Mapa e, quando isso acontecer, aí sim poderemos ter definitivamente a nova região inserida juntamente com os seus respectivos municípios”, explicou.

CONSOLIDAÇÃO – De acordo com Daiane Scolaro, presidente da Atema, a nova RT resulta de um esforço que já vem sendo feito há bastante tempo. “A criação da Região Turística Sul do Paraná consolida o trabalho realizado por entidades regionais para o desenvolvimento do turismo. Possuímos uma identidade regional, projetos turísticos sendo trabalhados em conjunto, temos uma grande diversidade cultural e turística. Nossa expectativa é que o Turismo se torne uma das economias da região, estamos trabalhando para isso”, declarou.

A criação da nova RT é um desejo dos nove municípios, enfatiza a coordenadora das ações de Turismo do Sebrae na Regional Sul, Alyne Chicocki. “Esse projeto é um anseio da região, tanto pelo potencial natural existente, quanto pela identidade que existe entre os municípios que a compõem. Essa vontade ficou evidente nas diversas reuniões que fizemos durante a estruturação da região”, disse.

Anery Junior Baggio, consultor do Sebrae e especialista em turismo, foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento da identidade visual da nova RT. “No Sul do Paraná tudo acontece à sombra das araucárias, esse foi o conceito que serviu de partida para o design da marca. As araucárias são testemunhas da história da região e estão presentes no seu dia a dia. O design precisava se apropriar desse símbolo”, disse. Cada cor da nova marca remete a uma simbologia presente na região.

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Artigos Relacionados

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...