Puxada pelos idosos, cresce a intenção de tomar a vacina contra a Covid-19

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Paraná: mais 374 mortes e 4.777 casos de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (8) 4.777 casos confirmados e 374 mortes – referentes aos meses O post Paraná: mais 374...

Paraná receberá mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19

O Paraná receberá nos próximos dias mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19, segundo o Departamento de Logística do O post Paraná receberá mais...

O número de brasileiros que desejam tomar a vacina contra a Covid-19 subiu mais de quatro pontos percentuais desde setembro, segundo levantamento do Paraná Pesquisas feito entre os dias 16 e 19 de janeiro – foi de 61,2% para 65,7%. Apenas 9,2% dos entrevistados disseram que não vão receber o imunizante (veja quadro abaixo).

O aumento da vontade dos brasileiros de se vacinarem foi puxado principalmente pelos idosos. Segundo o levantamento, entre os pesquisados com 60 anos ou mais de idade, o percentual subiu de 59,5% em setembro para 70,5% em janeiro.

Também houve aumentos consideráveis entre aqueles que moram no Nordeste (de 59,6% para 65%) e nas regiões Norte e Centro-Oeste (de 59,9% para 67,9%).

arte pesquisa vacina

No mesmo período, caiu o percentual daqueles que condicionavam ser imunizado ao país de origem da vacina – de 26,9% para 21,8% –, mostrando que diminuiu a resistência ao fato de o primeiro imunizante disponibilizado no país ser a CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac. O presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores nas redes sociais fizerem repetidos ataques ao fármaco pelo fato de ele ter sido produzido pelo país onde o novo coronavírus surgiu.

“A da China nós não compraremos, é decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população. Existe um descrédito muito grande por parte da população, até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido por lá”, disse o presidente em entrevista à Jovem Pan no dia 21 de outubro.

Desde sexta-feira, 22, o Brasil tem outro imunizante disponível no país – uma carga de 2 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, produzida na Índia, chegou ao país.

Obrigatoriedade

Em relação à imposição da vacinação obrigatória pelas autoridades, o país continua dividido, mas cresceu o percentual daqueles que se opõem a isso: o percentual da população que é contra subiu de 38,6% para 41,3%, enquanto o dos que são a favor caiu de 55,2% para 53,3%.

O levantamento do Paraná Pesquisas foi feito por telefone com 2.292 moradores com 16 anos ou mais de idade em 238 municípios de todas as unidades da federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Continua após a publicidade

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...

Artigos Relacionados

Morre o deputado Rubens Recalcati

Há pouco, faleceu o deputado Rubens Recalcati, de infarto fulminante. Rubens Recalcatti, ou Delegado Recalcatti, de 72 anos, tomou posse como deputado estadual do...

Março fecha com dois novos recordes nos portos do Paraná

Os portos do Paraná fecham o primeiro trimestre com dois novos recordes. No último mês, juntos, os terminais de Paranaguá O post Março fecha com...

Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu O post Bolsonaro volta a...